Translate

VOCÊ PEGA UMA COISA E TRANSFORMA EM OUTRA. NÃO É APENAS RECICLAGEM, É ARTE!

Desde a pré-história, a arte sempre teve um sentido transformador, que não precisa de justificativas.
Esta para confundir, perturbar, provocar e incitar o espectador... um convite a reflexão sobre questões filosóficas e cotidianas.


O propósito do blog é: a experiência da ressignificação, de somar conhecimentos sobre a matéria que está sendo tratada. Especialmente aquelas que são complexas em locomover o objeto de estudo ao laboratório, por exemplo, na Astronomia. A observação junto com a experimentação, fazem parte de um método científico que trabalha de maneira complementária e permite realizar a verificação empírica dos fenômenos.

É a ressignificação da mente humana.

É a simplicidade e complexidade em um mesmo trabalho, transcendendo os limites físicos e lúdicos.

A RECICLAGEM MATERIAL , NÃO É A FINALIDADE DO BLOG.

E frente a ressignificação no que concerne a conscientização ambiental:

A relação consumista precisa ser reeducada,pois a raiz de impactos sociais e ambientais, é o consumo desenfreado, desequilibrado e descarte inadequado!

O consumo consciente ajuda a diminuir impactos negativos no meio em que vivemos.
Precisa-se ressignificar os pensamentos e conscientizar da vida em coletivo; conciliar o meio social e o natural ; e reavaliar a aprendizagem humana na perspectiva de reintegração pessoal, social e educacional.


SUSTENTABILIDADE NÃO É SÓ MEIO AMBIENTE. TEM A VER COM LEGADO E RELAÇÕES HUMANAS. É um ato de civilidade, faz parte de uma harmonia social que demonstra respeito pelo próximo e torna a sociedade mais justa.

Renata Bravo
brincadeirasustentavel@gmail.com
ORAI E VIGIAI

Bem vindo e muito obrigada pela visita!

Plasticidade quer dizer MOLDÁVEL. Ter capacidade de se transformar, é uma das características do nosso sistema nervoso. A plasticidade neural é uma propriedade intrínseca do ser humano que acontece durante a aprendizagem ou durante as mudanças compensatórias causadas por uma lesão. Até pouco tempo acreditava-se que a plasticidade existia somente na infância, ou seja, enquanto o cérebro não teria se formado completamente. Atualmente sabe-se que milhares de neurônios são criados diariamente também no cérebro adulto, gerando mudanças contínuas durante toda a vida.

A arte é perfeita,
é moldável ,
é alcançável,
é transformadora.

sexta-feira, 22 de abril de 2016

Faces de origami (passo a passo)

Material: papel de origami

Como fazer o origami?

O tradicional não é difícil. Não é preciso ferramentas ou cursos especiais - apenas muita atenção e ser bom observador. É claro que você precisa de papel adequado e conhecimento das regras de dobradura. Qualquer pessoa que dobrar o papel com paciência e exatidão poderá transformá-lo em uma bonita figura.

Você pode usar qualquer papel que tiver à disposição, incluindo jornal, folhas de propaganda ou papel de presente. É você quem decide o tamanho, a quantidade e a cor do papel de acordo com o que quiser fazer. Mas se quiser fazer algo bem bonito, é melhor escolher com cuidado a cor do papel, mas também do tipo de papel que usa. O ideal é usar papel feito especialmente para origami. Pode ser que você queira usar o papel artesanal japonês, chamado washi.

Para a maioria das figuras, é essencial que o papel seja um quadrado perfeito. para verificar se o papel é quadrado, você pode juntar os dois cantos opostos e dobrá-los em forma de triângulo. Se todas as bordas combinarem perfeitamente, então o papel foi cortado da maneira correta.

Para conseguir um ótimo resultado, você tem de dobrar o papel de forma que canto combine com canto e borda com borda, de modo exato. Além disso, é necessário apertar bem as dobras. Ao dobrar o papel em forma de triângulo, junte dois cantos opostos e segure-os bem firme com o polegar e o indicador de uma das mãos e dobre a base com a outra mão. Quando for dobrar o papel no meio para formar um retângulo, certifique-se de que os cantos superiores se casem perfeitamente e então segure bem firme as bordas superiores enquanto dobra a base.

Para algumas figuras de origami é necessário dobrar e desdobrar o papel, fazendo um vinco nele, em preparação para o passo seguinte. Ás vezes é preciso enrolar, preguear, torcer, apertar, forçar para dentro, abrir com sopro e virar o papel pelo avesso - tudo para dar-lhe diferentes efeitos.

Você pode fazer uma variedade de figuras tradicionais ou até mesmo criar outras novas.

Não perca a chance de aprender a arte de dobrar papel.









Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.