Translate

É a experiência da resignificação, de somar conhecimentos sobre a matéria que está sendo tratada. Especialmente aquelas que são complexas em locomover o objeto de estudo ao laboratório, por exemplo, na Astronomia. A observação junto com a experimentação, fazem parte de um método científico que trabalha de maneira complementária e permite realizar a verificação empírica dos fenômenos.

A reciclagem material não era a finalidade, mas se tornou a consequência.
NÃO AO CONSUMISMO! SE REEDUQUEM E CONSUMAM MENOS. O MEIO AMBIENTE, A SUA SAÚDE FÍSICA, MENTAL E FINANCEIRA AGRADECERÃO!



Visitantes

Seguidores

sábado, 12 de março de 2016

Importância ecológica dos animais

Atividades educativas na sala de aula


Crie um mosaico e ensine:

A importância ecológica das tartarugas marinhas:

As tartarugas marinhas, assim como todos os outros seres vivos, fazem parte do ecossistema e, se originaram a partir de formas primitivas. Estas formas primitivas evoluíram e, se estavam aptas foram se mantendo nos ecossistemas. De outra forma se extinguiriam.
Esta sobrevivência esta relacionada a interação com outras espécies, que também se tornam dependentes umas das outras.

As tartarugas marinhas fazem parte de toda uma cadeia alimentar e, que, se um dos elos for excluído, todo um desequilíbrio ecológico pode e vai acontecer! Afetando direta ou indiretamente a existência de outros seres!

Na natureza as tartarugas são controladoras de populações de águas-vivas, corais, pequenos peixes, algas e etc. Por outro lado são alimento na fase adulta de tubarões e, na fase jovem de aves, caranguejos, polvos, pequenos mamíferos, répteis, entre outros.

Só para se ter ideia de um possível dano ambiental que poderia afetar o homem: Tartarugas são um dos poucos animais que se alimentam de águas-vivas. Se todas fossem extinguidas, a longo prazo, as praias estariam superpovoadas por águas-vivas, o que tornaria o banho de mar impossível, já que estes animais podem causar sérios danos a população!


-



Faça brincadeiras

Equilíbrio ecológico das aves:

Alimentando-se de Pragas: Exercem papel no controle biológico, controlam a população de insetos em sua fase adulta ou larval (lagartas).
Controle de ratos e cobras: Controlam também a população destes animais, pois são fontes de alimentação de aves carnívoras como os gaviões, corujas caçam duarante o dia e a noite, em uma escola pudemos observar esse incrível fato.
Na limpeza da Natureza: Em geral as pessoas classificam os urubus com um ser nojento pois eles consomem rapidamente carcaças de animais mortos, inclusive em áreas urbanas, este é um papel muito importante, alguém tem que fazer o serviço sujo (brincadeira)!
Na polinização das flores:Os beija-flores são os mais conhecidos,têm o papel de ajudar na reprodução sexuada das plantas, garantindo a variabilidade genética de espécies de vegetais, sendo que a extinção de um acarreta a extinção de outro, mas existem outras aves que também desempenham esta função.
Dispersão de sementes: Muitas espécies de plantas tem suas sementes dispersas por aves, pois elas se alimentam de frutos e jogam as sementes fora, ou até mesmo consumindo a semente que não sendo digerida pelo animal, sai junto com suas fezes por vários lugares por onde passam. A gralha azul , é um exemplo disso, dispersando o pinhão, semente da araucária.
Fornecimento de adubo: suas fezes ajudam a adubar os solos das florestas.
Fornecimento de alimento: Fazem parte da cadeia alimentar de muitos seres vivos, se alimentando de alguns e servindo de alimento para outros. O desaparecimento de espécies de aves, pode gerar um grande desequilíbrio ecológico por conta disso.
No lazer: É maravilhoso poder acordar com as aves cantarolando pela manhã, ou intrigante ouvir o som de uma ave de rapina, principalmente a noite, por muitas noites escutei uma coruja reinar absoluta nos arredores da antiga casa onde morava. Observar seu comportamento, pode ser um excelente divertimento e terapia, elas transmitem a sensação de bem estar e harmonia. Inspiram músicas, poesias, arte nas fotografias.


-




Desenhe

Dispersão de Sementes e a Fertilização das Florestas:

Um dos tipos mais legais de dispersão de sementes por animais é o caso da araucária e da gralha-azul. As gralhas são aves muito conhecidas pela sua inteligência. A gralha-azul, ave símbolo do Paraná, coleta os pinhões liberados pela araucária e as enterra em diversos locais para comê-los depois. Como as gralhas não se lembram onde enterraram todos os pinhões que enterraram, algumas acabam germinando. Assim, as gralhas-azuis são essenciais para a dispersão de sementes dos pinhões.

A propósito, os pinhões não são os frutos da araucária. As araucárias são parentes dos pinheiros e ambos pertecem a um grupo de plantas que não fazem frutas. Os pinhões são as sementes da araucária, que também não têm flores (têm estróbilos). A parte comestível dos pinhões é o tecido de reserva que vai alimentar o embrião da araucária e a araucária-bebê até eles crescerem o bastante para fazer o próprio alimento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.